Problema seu.

Acredite, eu não te devo satisfações.
Nem a você e nem a mais ninguém.
A vida é minha e faço dela o que eu quiser, e se eu cair que eu arranje forças pra levantar, não é assim?
Me poupe de sermões baratos, você nem ao menos tentou, não pode me julgar de correr atrás do que acredito, muito menos por amar.
E é problema seu não acreditar no meu amor, eu acreditar já é o suficiente.
E se não acredita nos meus sonhos e na minha capacidade, espera aí, fique sentado, logo logo verás o meu triunfo.
Quando eu estiver por cima, e todos olharem para mim, não ouse falar comigo. Não te reconhecerei.


7 comentários:

  1. (...)Nunca deixe que lhe digam que não vale a pena acreditar nos sonhos que se tem, ou que seus planos nunca vão da certo ou que você nunca vai ser alguém(...) Renato Russo
    Beijos querida

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o texto... Excelente o pensamento expresso... Em meu caso pessoal, acho que reconheceria a pessoa, sim, em caso de triunfo... Às vezes, tudo o que se precisa é o perdão... Mas, é claro que essa seria apenas uma postura minha... O que vale mesmo é como VOCÊ se sente em relação a todo o exposto. Parabéns pelo post, forte abraço!

    ResponderExcluir
  3. Desabafar o que pensamos e o que sentimos é muito bom. Ter determinação, é fundamental para alcançarmos os nossos ideais. Quando o que queremos não é um mal,não devemos nos deixar levar pelos falatórios. No entanto, não guardemos ressentimentos,pois, errar é humano e perdoar é uma virtude.O texto é bom, também gostei do comentário do Geraldo Lima.bjs.

    ResponderExcluir
  4. Que tapa delicioso, hein? Não para quem o recebeu, mas com certeza sua alma está mais leve. :)

    ResponderExcluir
  5. Olá, parabéns pelo seu blog.
    Te convido a conhecer o meu,
    http://carmasepalavras.blogspot.com/

    ;)

    ResponderExcluir